Oleoplan hoje

Há mais de 35 anos, a Oleoplan atua no setor de processamento de soja e, em 2007, com o início da produção de biodiesel, foi pioneira no setor no Rio Grande do Sul. Atualmente, contamos com duas unidades de processamento de soja e produção de biodiesel, uma em Veranópolis (RS) e outra em Iraquara (BA). A usina de biodiesel de Veranópolis é a maior do Rio Grande do Sul e, junto com a usina de Iraquara, produz 10% da produção nacional deste biocombustível.

Além dos dois parques industriais, a Oleoplan conta com escritório corporativo na cidade de Porto Alegre (RS), um terminal hidroviário na cidade de Canoas (RS) para escoamento das suas exportações e mais de 20 filiais para recebimento de grãos espalhadas pelas regiões noroeste e nordeste do Rio Grande do Sul. Juntas, as filiais possuem capacidade de armazenamento superior a 500 mil toneladas e formam uma rede de apoio aos seus milhares de fornecedores da agricultura familiar, promovendo capacitação e assistência técnica continuada a esses agricultores.

A parceria da Oleoplan com a agricultura familiar lhe garante o Selo Combustível Social. O Selo confere ao produtor de biodiesel o caráter de promotor de inclusão social de agricultores enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e foi concedido à Oleoplan em 2007 pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Mais do que um promotor da sustentabilidade ambiental, o biodiesel possui, portanto, um forte componente social ao contribuir para a geração de renda e a permanência do homem no campo.

O biodiesel é um combustível renovável e biodegradável cuja principal matéria-prima é o óleo de soja. Toda a produção da Oleoplan é comercializada através dos leilões públicos de biodiesel organizados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) com vistas a atender o percentual mínimo obrigatório do biocombustível ao diesel fóssil ou seu uso voluntário. A glicerina, que é obtida no mesmo processo de produção do biodiesel, possui uma gama muito grande de aplicações – sobretudo na indústria química – e é comercializada pela Oleoplan tanto para o mercado interno quanto externo.

Dentre os produtos do complexo soja, a empresa trabalha com o farelo, a lecitina e a casca. Todos eles são obtidos no processamento do grão para obtenção do óleo de soja que, por sua vez, é utilizado como principal matéria-prima do biodiesel. Além disso, ofertamos fertilizantes e defensivos agrícolas aos nossos fornecedores de soja.

Sempre atenta às oportunidades e às necessidades do mercado, a Oleoplan tem sido uma das empresas mais ativas nas regiões de soja onde está presente e no mercado nacional de biodiesel.


Nossos números

Mais de 20 filiais para recebimento de grãos com capacidade total de armazenamento superior a 500 mil toneladas

Capacidade de processamento de 3 mil toneladas de soja por dia

Capacidade de produção de 756 milhões de litros de biodiesel por ano

435 milhões de litros de biodiesel comercializados em 2017

10,3% do market share de biodiesel no Brasil

Onde Estamos